ESCS 2010 2° dia

Сomentários

Transcrição

ESCS 2010 2° dia
Escola Superior de Ciências da Saúde
VESTIBULAR - 2010
MATEMÁTICA
1 - Numa pesquisa na população de 600 camundongos, 96% tinham cor branca. Após uma misteriosa epidemia
que matou somente parte dos camundongos da cor branca, essa porcentagem caiu para 92%. Então, o número de
camundongos eliminados com a epidemia foi de:
(A) 300
(B) 276
(C) 240
(D) 80
(E) 48
2 - O gráfico abaixo mostra o valor, em reais, do dólar no dia 10 dos últimos 7 meses.
Vinícius comprou um carro usando um sistema de financiamento chamado leasing corrigido pela variação do dólar e suas
prestações vencem exatamente no dia 10 de cada mês. Em julho, Vinícius pagou R$ 987,00 de prestação. Com base na
tabela dada, a prestação do mês de novembro foi de:
(A) R$ 879,00
(B) R$ 816,00
(C) R$ 799,00
(D) R$ 786,00
(E) R$ 779,00
3 - Em uma loja de pedras preciosas, o preço de uma pedra preciosa é proporcional a sua massa. Certa pedra, na
forma de um paralelepípedo retângulo custa R$ 200,00. Uma outra pedra, do mesmo material da primeira, tem as suas
dimensões multiplicadas por 2,5. O preço da nova pedra deverá ser:
(A) R$ 500,00
(B) R$ 1250,00
(C) R$ 2250,00
(D) R$ 2625,00
(E) R$ 3125,00
4 - Uma pessoa doente precisa ter no mínimo 16 mg no organismo de um certo medicamento para que o mesmo seja
eficaz. Sabe-se que t horas depois de ministrados M0 mg deste medicamento, a quantidade residual em mg do mesmo é
dada pela equação M(t) = M0 × 2–kt. Para um certo paciente, foram ministrados 512 mg deste medicamento às 8 horas
da manhã e, 6 horas depois verificou-se que a quantidade residual era 32 mg.
Para que o medicamento mantenha sua eficácia mínima, a nova dose deve ser ministrada, até no máximo, no seguinte horário:
(A) 15 horas e 30 minutos;
(B) 15 horas e 45 minutos;
(C) 16 horas e 20 minutos;
(D) 16 horas e 30 minutos;
(E) 16 horas e 40 minutos.
2
Escola Superior de Ciências da Saúde
VESTIBULAR - 2010
5 - No retângulo ABCD da figura, temos AB = 2 cm e BC = 6 cm.
Os pontos M e N dos lados AD e AB, respectivamente, são tais que
AM = 3 l e BN = l.
Sendo a área do triângulo CMN mínima e 0 ≤
segmento MN vale:
(A)
(B)
(C)
(D)
(E)
l ≤ 2, a medida do
3 √2 cm
√17 cm
2√3 cm
√10 cm
2√2 cm
6 - Um fabricante de joias tem duas ligas de ouro e cobre a primeira com 82% de ouro puro e a segunda com 96%. Com
a fusão de parte de ambas, deseja-se obter uma nova liga com 90% de ouro puro. Se forem tomadas 30 g da primeira,
devem ser tomadas, em gramas, da segunda:
(A) 10
(B) 24
(C) 28
(D) 36
(E) 40
7 - Em |R2, uma circunferência de centro no ponto C(4, -3) é tangente à reta de equação x – y + 3 = 0. Se essa
circunferência tem equação x2 + y2 + px + qy + r = 0, o valor de (p + q – r) é:
(A) 21
(B) 23
(C) 25
(D) 27
(E) 31
8 - O gelo, ao derreter, sofre uma contração que reduz de 10% seu
volume. Considere um balde com bolas de gelo,
esferas perfeitas de diâmetro 4 cm, e um copo cilíndrico de
8 cm de diâmetro da base e 12 cm de altura, com água que ocupa
70% de seu volume, apoiados num plano horizontal.
Quatro bolas de gelo são retiradas do balde e colocadas nesse copo. Depois que o gelo derreteu, constatou-se que:
(A) a água derramou do copo;
(B) o nível de água ficou exatamente na boca do copo;
(C) o nível de água ficou a 1 cm da boca do copo;
(D) o nível de água ficou a 1,2 cm da boca do copo;
(E) o nível de água ficou a 1,6 cm da boca do copo.
9 - As raízes da equação x3 – 6x2 + 3x + k = 0, (k ∈ |R) estão em progressão aritmética. Então, a maior raiz dessa
equação é:
(A) 1
(B) 2
(C) 3
(D) 4
(E) 5
3
Escola Superior de Ciências da Saúde
VESTIBULAR - 2010
10 - O dodecágono regular convexo de vértices A1, A2, A3, ..., A12 está inscrito em uma circunferência. A probabilidade
de se obter um triângulo retângulo ao selecionarem-se aleatoriamente três de seus vértices, é:
3
22
3
(B)
11
6
(C)
11
4
(D)
11
(E) 5
22
(A)
;
;
;
;
.
FÍSICA
11 - Observe a tabela:
t Rio2016
-20
120
tC
0
100
h (mm)
10
210
Não satisfeito com as escalas termométricas existentes, um
estudante resolveu adotar uma chamada denominada Rio2016 para
medir temperatura, obtendo a tabela acima. Nessa tabela estão
representados os pontos de gelo e de vapor, os valores adotados
para a escala Rio2016 (tRio2016), os valores conhecidos da escala Celsius (tC) e as alturas da coluna (h(mm))do líquido
termométrico de determinado termômetro.
Ponto de gelo
Ponto de vapor
A relação entre as temperaturas nas duas escalas, sendo tRio2016 = f(tC), é:
(A) tRio2016 = 1,4tC - 10
(B) tRio2016 = 1,4tC + 20
(C) tRio2016 = 1,4tC - 20
(D) tRio2016 = 1,2tC - 20
(E) tRio2016 = 1,2tC + 20
12 - Um balão cheio do gás hélio apresenta, na superfície, volume de 50m3, temperatura de 54ºC e pressão de 80 cmHg.
Quando esse balão atinge uma determinada altura, admite-se que a temperatura permaneça constante, e que seu volume
seja de 1.000m3. A nova pressão em cmHg será de:
(A) 7,0
(B) 6,0
(C) 5,0
(D) 4,0
(E) 3,0
13 - Um homem tem 1,80m de altura. A relação entre os tamanhos das imagens formadas numa câmara escura através
de um orifício, quando o indivíduo se encontra, respectivamente, às distâncias de 48m e 72m será de:
(A) 3,5
(B) 3,0
(C) 2,5
(D) 2,0
(E) 1,5
4
Escola Superior de Ciências da Saúde
VESTIBULAR - 2010
14 - Considere a figura:
Um carrinho de massa 100kg inicia o movimento a partir do repouso,
no ponto A . Considere que não existe atrito, que a resistência do ar é
desprezível e que a aceleração da gravidade é g =10m/s2. A velocidade do carrinho quando passa pelo ponto B é:
(A) 20m/s2
(B) 21 m/s2
(C) 22 m/s2
(D) 23 m/s2
(E) 24 m/s2
15 - Um corpo metálico, cujo calor específico é 0,1 cal/gºC, e massa de 1 kg, é abandonado de uma altura de 42m
acima do solo. A colisão entre o corpo e o solo é inelástica, e toda a energia dissipada é absorvida somente pelo corpo.
Considere g=10 m/s2 e 1cal=4,2J. A variação de temperatura do corpo medida em graus Celsius é de:
(A) 1
(B) 2
(C) 3
(D) 4
(E) 5
16 - Uma bateria completamente carregada pode liberar 2,16x105C de carga. Uma lâmpada que necessita de 2,0A para
ficar acessa normalmente, ao ser ligada a essa bateria, funcionará por:
(A) 32h
(B) 30h
(C) 28h
(D) 26h
(E) 24h
17 - Observe a figura:
Duas cargas puntiformes Q e (-3Q) estão separadas por uma distância de 112cm.
O ponto A tem potencial nulo. A distância entre a carga (-3Q) e o ponto A vale:
(A) 90cm
(B) 88cm
(C) 86cm
(D) 84cm
(E) 82cm
18 - Considere a figura:
Entre os terminais A e B, aplica-se uma diferença de potencial de 20V. A
intensidade da corrente na associação é:
(A) 1A
(B) 2A
(C) 3A
(D) 4A
(E) 5A
5
Escola Superior de Ciências da Saúde
VESTIBULAR - 2010
19 - Observa a figura:
Uma pessoa de massa 80kg está em um elevador que desce verticalmente com aceleração constante de 2m/s2. Considere g=10 m/s2. A intensidade da força que o piso do
elevador exerce sobre a pessoa é:
(A) 600N
(B) 610N
(C) 620N
(D) 630N
(E) 640N
20 - Observe o gráfico:
O gráfico representa a velocidade em função do tempo de um veículo que se
desloca em linha reta. A velocidade do veículo no instante t=7s é:
(A) 35m/s
(B) 34m/s
(C) 33m/s
(D) 32m/s
(E) 31m/s
QUÍMICA
21 - Leia o texto a seguir:
Equipamento com Césio-137 cai e assusta Universidade Federal do Paraná
A queda de uma peça de um equipamento de cintilografia assustou alunos, professores e funcionários da
Universidade Federal do Paraná. O equipamento, da unidade de farmacologia, estava sendo transportado
para descarte e a cápsula com césio-137 foi encontrada nesta manhã. Embora tenha provocado susto, a
cápsula não apresentou atividade radioativa. O susto provocado pela queda do equipamento relembra o
acidente ocorrido em setembro de 1987, quando um equipamento contendo uma cápsula com césio-137 foi
parar num ferro-velho em Goiânia. O dono do ferro-velho abriu a peça e se encantou com a pedra que viu
dentro, que irradiava uma luz azul. Maravilhado, levou para a casa e passou a mostrá-la para parentes e
amigos. Quatro pessoas morreram. Centenas foram contaminadas naquele que foi o maior acidente
radioativo do Brasil.
Adaptado de:
http://oglobo.globo.com/cidades/mat/2009/11/05/equipamento-com-cesio-137-cai-assusta-universidade-federal-do-parana914610320.asp Acesso em: 05/11/2009.
O isótopo radioativo citado no texto apresenta as seguintes partículas subatômicas:
(A) 55 prótons, 58 elétrons e 78 nêutrons;
(B) 55 prótons, 55 elétrons e 78 nêutrons;
(C) 55 prótons, 55 elétrons e 82 nêutrons;
(D) 58 prótons, 58 elétrons e 79 nêutrons;
(E) 58 prótons, 58 elétrons e 82 nêutrons.
6
Escola Superior de Ciências da Saúde
VESTIBULAR - 2010
22 - Os ciclos bioquímicos naturais dos metais sofreram a
intervenção da atividade humana, alguns elementos aumentaram consideravelmente sua carga ambiental global em decorrência de atividades
industriais ou de agentes poluidores. A tabela ao lado apresenta as
emissões globais ao solo de alguns metais:
Comparando os metais da tabela que pertencem ao mesmo período da
classificação periódica, o que possui menor energia de ionização é o:
Metal
Cu
Ni
Cr
Zn
Cd
Hg
Emissões globais ao solo na
década de 1980 (103 t/ano)
954
325
896
1372
22
8,3
(A) Cu;
(B) Ni;
(C) Cr;
(D) Zn;
(E) Cd.
23 - As estruturas mineralizadas de alguns animais são formadas principalmente por íons cálcio, magnésio, carbonatos,
fosfatos e sulfatos. Os ossos e os dentes dos vertebrados, por exemplo, são constituídos principalmente por fosfato de
cálcio. As conchas dos moluscos e os corais são principalmente de carbonato de cálcio. Os esqueletos dos invertebrados
contêm um pouco de carbonato de magnésio e também já foi encontrado no material esquelético de um protozoário
denominado Acantharia sulfato de estrôncio.
As substâncias citadas no texto são sais inorgânicos representados pelas fórmulas:
(A) K3PO4, K2CO3, MgCO3 e SnSO3 ;
(B) K3PO4, K2CO3, MnCO3 e SrSO4 ;
(C) Ca3(PO4)2, CaCO3, MnCO3 e SnSO4 ;
(D) Ca3(PO4)2, CaCO3, MgCO3 e SrSO3 ;
(E) Ca3(PO4)2, CaCO3, MgCO3 e SrSO4 .
24 - Alguns compostos orgânicos presentes no meio ambiente são tóxicos. O 2,3,7,8-tetraclorodibenzodioxina (C12H4O2Cl4)
é um herbicida muito tóxico que produz efeitos congênitos, câncer, danos ao fígado, supressão do sistema imunológico e até
a morte. A dose letal desse composto foi determinada em cobaias e é igual a 6,0x10−7g/kg. A dose letal para um indivíduo de
60 kg é alcançada quando o número de mols do herbicida presente no seu organismo corresponde, aproximadamente a:
(A) 6,7x1016 ;
(B) 5,4x108 ;
(C) 8,9x106 ;
(D) 6,0x10−7 ;
(E) 1,1x10−7 .
25 - Um processo que pode ser utilizado pelos animais para obter
energia sob condições anaeróbicas é a glicólise, que ocorre
comumente nos músculos de vertebrados e pode ser representada
de modo simplificado pela transformação de glicose em ácido lático
de acordo com a equação não balanceada:
Quando um mol de glicose é degradado em 2 mols de ácido lático, 2 mols de ATP são sintetizados. Na degradação de 4,5
g de glicose, a massa de ácido láctico e o número de mols de ATP produzidos, considerando a transformação completa da
glicose em ácido láctico, são respectivamente, iguais a:
(A) 2,25 g e 2 mol;
(B) 2,25 g e 1 mol;
(C) 4,5 g e 1 mol;
(D) 4,5 g e 0,05 mol;
(E) 9,0 g e 0,05 mol.
7
Escola Superior de Ciências da Saúde
VESTIBULAR - 2010
26 - Analise a fórmula estrutural da curcumina, descrita a seguir:
Essa substância é um pigmento natural, componente ativo do açafrão da índia, utilizado na produção de caril em pó.
A curcumina possui propriedades anti-inflamatórias, é boa para o fígado e atua na cura do câncer de esôfago.
Entre as funções orgânicas presentes na estrutura da curcumina estão:
(A) fenol, éter e aldeído;
(B) fenol, éter e cetona;
(C) álcool, éster e aldeído;
(D) álcool, éster e ácido carboxílico;
(E) ácido carboxílico, cetona e éster.
27 - Leia o texto a seguir:
Biodiesel: Uma alternativa de combustível limpo
A maior parte de toda a energia consumida no mundo provém do petróleo, uma fonte limitada, finita e não
renovável. A cada ano que passa, aumenta o consumo de combustíveis derivados do petróleo e,
consequentemente, o aumento da poluição atmosférica e da ocorrência de chuvas ácidas.
O biodiesel é um combustível menos poluente que pode ser obtido a partir da transesterificação de óleos
vegetais.
Adaptado de http://qnesc.sbq.org.br/online/qnesc31_1/11-EEQ-3707.pdf. Acesso em: 09/11/2009.
Uma reação de transesterificação, onde um triacilglicerol reage com um álcool pode ser assim esquematizada:
CH 2
O
CO
R1
CH
O
CO
R2
CH 2
O
CO
R3
+
3 R OH
CH 2 OH
RO CO
R1
CH OH +
RO CO
R2
CH 2 OH
RO CO
R3
A nomenclatura do produto obtido numa reação de transesterificação, substituindo-se R1 pelo radical etil e R pelo radical
metil é:
(A) propanoato de metila;
(B) etanoato de metila;
(C) éter etilmetílico;
(D) etoximetano;
(E) metoxietano.
28 - A manutenção da qualidade da água é importante para a proteção do meio ambiente e também para a saúde
da população. Governos de todo o mundo tentam regularizar a qualidade da água, estabelecendo níveis máximos de
contaminação (MCL). Segundo os MCL, a presença do íon nitrato em uma água potável não deve ultrapassar
1,6 x 10−4 mol.L−1. De acordo com os MCL, em um reservatório de 100 litros, a quantidade máxima de íon nitrato
(em grama) permitida é, aproximadamente:
(A) 0,16
(B) 1,0
(C) 1,6
(D) 3,2
(E) 6,2
8
Escola Superior de Ciências da Saúde
VESTIBULAR - 2010
29 - A azodicarbonamida (C2H4N4O2) é utilizada na obtenção da espuma
de poliestireno. Esta molécula é adicionada ao plástico fundido e atua
como agente espumante porque, quando aquecida decompõe produzindo
os gases monóxido de carbono, nitrogênio e amônia, formando bolhas no
polímero fundido. Utilize os valores das entalpias de formação no estado
padrão da tabela ao lado e calcule o valor da energia envolvida na reação
de decomposição da azodicarbonamida citada no texto.
Substância
C2H4N4O2 (l)
CO (g)
NH3 (g)
Entalpia de formação
(kJ/mol)
- 1673
- 110,5
- 46
O valor obtido em kJ, para cada mol de azodicarbonamida decomposto, é aproximadamente:
(A) 7412,0
(B) 3033,0
(C) 2086,0
(D) 1516,5
(E) 1390,7
30 - Leia o texto a seguir:
Considere que o urânio empobrecido é um subproduto do processo do enriquecimento da forma natural desse elemento químico.
Por ser extremamente denso, resistente e inflamável, esse metal vem sendo amplamente empregado na área civil e militar. Seu
uso crescente vem aumentando a dispersão de partículas de urânio empobrecido na natureza, expondo principalmente as
populações civis a potenciais riscos, cujo real impacto para a saúde humana e o meio ambiente ainda é obscuro e polêmico.
Adaptado de: http://cienciahoje.uol.com.br/101827. Acesso em: 28-10-09.
O urânio empobrecido é principalmente formado pelo isótopo U-238 e sua meia-vida é aproximadamente a idade da
Terra, ou seja, 5 bilhões de anos. Relacionando a meia vida do U-238 com a idade da Terra, pode-se concluir que:
(A) restam hoje no planeta Terra apenas 50% do U-238;
(B) daqui a 10 bilhões de anos não restará mais U-238 na Terra;
(C) cada núcleo de U-238 permanece inalterado por apenas 5 bilhões de anos;
(D) a quantidade de U-238 só sofrerá alteração nos próximos 5 bilhões de anos;
(E) quando a Terra atingir a idade de 10 bilhões de anos haverá no planeta apenas 10% do U-238.
31 - Paracelsus já havia percebido, no século dezesseis, que “todas as substâncias são venenos; o que diferencia um
medicamento de um veneno é a dose”.
O ferro é um metal importante para o funcionamento do organismo humano, no entanto, em excesso, pode depositar nos
tecidos provocando uma doença denominada hemocromatose. Os principais locais de depósito são o fígado, o pâncreas,
o coração e a hipófise, que podem perder, progressivamente, suas funções. A dose letal de ferro em crianças pequenas
está em torno de 0,05 mol. A massa de ferro, em gramas, que corresponde, aproximadamente, a essa dose letal é:
(A) 56
(B) 30
(C) 14
(D) 2,8
(E) 1,4
32 - A bioluminescência é o processo de emissão de luz fria e visível por organismos vivos com função de comunicação
biológica. Ela ocorre principalmente no ambiente marinho, embora também ocorra no ambiente terrestre em organismos
como vagalumes e fungos. A luminescência é produzida pela reação de oxidação de uma molécula orgânica genericamente
chamada de luciferina. Essa reação, altamente exotérmica, é catalisada por enzimas genericamente chamadas de luciferases.
Adaptado de: http://qnesc.sbq.org.br/online/qnesc30/05-AQ-8408.pdf Acesso em: 10/11/2009.
De acordo com o texto, no processo de bioluminescência descrito, ocorre:
(A) absorção de calor;
(B) produção de gás oxigênio na oxidação da luciferina;
(C) diminuição dos estados de oxidação dos átomos de carbono;
(D) aceleração da reação de oxidação provocada pelas luciferases;
(E) aumento da energia de ativação da reação provocado pelas luciferases.
9
Escola Superior de Ciências da Saúde
VESTIBULAR - 2010
33 - Após a chuva cair no solo o seu pH diminui, porque a camada superficial do solo contém grande quantidade de CO2
produzido pela decomposição bacteriana de matéria orgânica e também porque algumas plantas podem produzir ácidos
carboxílicos.
A concentração hidrogeniônica (mol.L−1) de um determinado solo que apresentou pH = 5,0, é igual a:
(A) 10−5
(B) 10−0,5
(C) 0,5
(D) 5
(E) 105
34 - O smog fotoquímico aflige um grande número de cidades e pode se formar sempre que uma grande quantidade de
gases de exaustão automotivos é confinada por uma camada de inversão térmica, aumentando a quantidade de fumaça
marrom e nebulosa. Os óxidos de nitrogênio contribuem em larga escala para o smog fotoquímico, por isso algumas
estratégias tem sido estudadas para diminuir a quantidade de NO emitido para a atmosfera em decorrência da queima de
combustível nos motores dos veículos.
Uma das estratégias utiliza solução aquosa de ureia, CO(NH2)2, borrifada diretamente na chama de combustão para
reduzir o NO, estabelecendo o seguinte equilíbrio:
2CO(NH2)2 (aq) + 6 NO (g)
5 N2 (g) + 2CO2 (g) + 4 H2O (g)
De acordo com o princípio de Le Chatelier, um fator que pode ser utilizado para tornar mais eficiente a remoção de NO é:
(A) diminuição da pressão total sobre o sistema;
(B) diminuição da quantidade de ureia;
(C) adição de vapor d’água;
(D) adição de gás carbônico;
(E) adição de um catalisador.
35 - Os organismos utilizam muitos metais e íons metálicos para suas funções bioquímicas essenciais, mas o excesso de
alguma dessas espécies pode ter efeito tóxico e até provocar a morte.
A tabela a seguir apresenta a dose letal de alguns elementos na dieta humana:
Elemento
Dose letal da dieta humana (mg/dia)
Ag
Ba
Cr
Hg
Pb
1,3x103 – 6,2x103
3,7x103
3,0x103
150 - 300
1,0x104
Entre os metais apresentados, o que estabelecerá com o oxigênio ligação de maior caráter iônico é o:
(A) Ag;
(B) Ba;
(C) Cr;
(D) Hg;
(E) Pb.
10
Escola Superior de Ciências da Saúde
VESTIBULAR - 2010
BIOLOGIA
36 - Os primeiros registros de doenças causadas por vermes parasitários, ou helmintos, se encontram no papiro de Ebers,
de 1500 a.C., em que se reconhecem descrições de tênias e lombrigas, estas últimas de incidência ainda bastante comum
no Brasil e em outros países do terceiro mundo no final do século XX.
(http://www.biomania.com.br/bio/conteudo.asp?cod=3123)
(Fernando Gonzales)
Com base na figura acima, pode-se afirmar que o problema apresentado por esse indivíduo pode ser evitado através do
uso de práticas como:
(A) uso de telas e inseticidas;
(B) comer carne bem passada e legumes crus;
(C) educação sanitária e vacinação;
(D) lavar bem alimentos e construir esgotos;
(E) construir casas de alvenaria e combater o barbeiro.
37 - O vinho possui uma longa história que remonta pelo menos a aproximadamente 6.000 a.C., acreditando-se que tenha
tido origem nos atuais territórios da Geórgia ou do Irã. O deus grego Dioniso e o deus romano Baco representavam o
vinho, e ainda hoje ele tem um papel central em cerimônias religiosas cristãs e judaicas como a Eucaristia e o Kidush.
Galileu Galilei disse: “O vinho é composto de humor líquido e luz.”
Nesse caso, Galileu Galilei demonstrou seus conhecimentos em biologia, porque o vinho é resultado da:
(A) fermentação lática a partir da glicose produzida pela energia luminosa captada e transferida durante a fotossíntese;
(B) fermentação alcoólica a partir da glicose produzida pela energia luminosa captada e transferida durante a fotossíntese;
(C) fermentação alcoólica a partir da glicose produzida pela energia luminosa captada e transferida durante a quimiossíntese;
(D) respiração aeróbica a partir da glicose produzida pela energia luminosa captada e transferida durante a fotossíntese;
(E) respiração anaeróbica a partir da glicose produzida pela energia luminosa captada e transferida durante a quimiossíntese.
38 -
Açaí faz 1 vítima de doença de Chagas a cada 4 dias na Amazônia
A cada quatro dias, em média, uma pessoa é infectada com doença de Chagas ao beber suco de açaí na Amazônia. Tem sido assim nos últimos 15 meses, quando 15 surtos da doença foram registrados no Pará, no Amazonas
e no Amapá. Desde junho do ano passado, 116 pessoas pegaram a doença após ingerir sucos típicos da região
(principalmente açaí e bacaba -chamado de açaí branco) triturados com o inseto transmissor.
(Thiago Reis da Agência Folha/2007).
No caso descrito acima, o agente causador da doença de Chagas e o inseto triturado no suco são, respectivamente:
(A) o protozoário Trypanossoma cruzi e o mosquito Aedes;
(B) o protozoário Trypanossoma cruzi e o barbeiro;
(C) a bactéria Trypanossoma cruzi e o barbeiro;
(D) o vírus Influenza transmitido pelo mosquito Anófeles;
(E) o protozoário Plasmodium sp transmitido pelo mosquito Anófeles.
11
Escola Superior de Ciências da Saúde
VESTIBULAR - 2010
39 - Em 1953, na Baía de Minamata no Japão, compostos organomercurais de efluentes industriais lançados nas águas atingiram
os peixes e, posteriormente, a população que os consumiu, causando grande número de mortes e deformações genéticas.
Muitas vezes é difícil detectar a presença de metais no meio aquático uma vez que eles se depositam no fundo dos corpos de
água. Porém, existem situações em que essas substâncias são recolocadas em circulação por meio de reações químicas. Por
exemplo, as águas ácidas deficientes de oxigênio dissolvido favorecem reações com metais depositados nos sedimentos.
A opção que identifica o processo provocado pelo lançamento de organomercurais nas águas e o problema ambiental que
contribui para a acidificação dos mares são, respectivamente:
(A) lixiviação e a destruição da camada de ozônio;
(B) eutrofização e o aumento na descarga de fertilizantes agrícolas;
(C) magnificação trófica e a emissão de gases industriais;
(D) intoxicação e o lançamento de esgotos domésticos;
(E) bioacumulação e o aumento nas emissões de CO2.
40 - A angioplastia consiste em uma cirurgia realizada com o intuito de desobstruir
uma artéria do paciente. Essa técnica hemodinâmica utiliza um minúsculo balão na
ponta de um catéter, que é insuflado dentro da artéria obstruída com placas de
gordura e sangue, além de uma minúscula tela de aço chamada “stent” que, aberta,
facilita o fluxo de sangue. Como procedimento conjunto utiliza-se a substância
conhecida como abciximab, que impede a união de plaquetas. O abciximab torna a
cirurgia mais eficiente e já reduziu para 4% a mortalidade entre infartados
atendidos em hospitais.
(http:/www.msd-brazil.com/msd43/m_manual/images/img_angioplastia.gif)
Nesse caso, a importância da substância abciximab ao evitar o acúmulo de plaquetas é o de impedir:
(A) a formação de placas de colágeno responsáveis pela obstrução das artérias coronárias;
(B) a produção de anticorpos devido à colocação de um corpo estranho ao organismo;
(C) a adesão de lipídeos e fibras elásticas que enrijecem a artéria impedindo sua dilatação;
(D) a formação de coágulos pelo acúmulo de fibrinas e células que dificultam a passagem do sangue;
(E) o surgimento de bolhas de gases transportados pelas plaquetas que impedem a passagem de sangue.
41 - Um atleta de alto nível não é formado somente pelo seu treinamento, mas também pela sua genética. A primeira notícia de um
gene ligado ao desempenho físico foi publicada na revista Nature em 1998. Esse gene regula a produção de uma enzima conversora
de angiotensina (ACE), ligada ao metabolismo do sistema cardiovascular. Estudos com recrutas americanos demonstraram que
indivíduos que possuem duas cópias do gene I foram capazes de erguer pesos por um tempo 11 vezes maior do que aqueles que
possuíam duas cópias do gene D. Indivíduos que tinham uma cópia de cada gene resistiam pela metade do tempo.
Em um casal onde a mãe é pouco resistente e o marido possui resistência intermediária as chances de que seus dois filhos
sejam portadores de algum tipo de resistência são:
(A) 50% de terem resistência intermediária;
(B) 25% de terem resistência intermediária;
(C) 12,5% de terem resistência intermediária;
(D) 50% de terem resistência completa;
(E) 25% de terem resistência completa.
42 - Ser motorista de táxi em Londres requer um preparo de no mínimo 2 anos. Esse é o tempo necessário para
memorizar mais de duas mil ruas, uma vez que é preciso saber se deslocar por toda a cidade sem o auxílio de um mapa
e não podendo esquecer depois, ou o motorista perde a sua carteira.
Caso os filhos desses taxistas já nasçam com essa memória desenvolvida pelo pai, esse fato estaria de acordo com a seguinte teoria:
(A) lamarquista;
(B) darwinista;
(C) moderna ou sintética;
(D) neodarwinista;
(E) fixista.
12
Escola Superior de Ciências da Saúde
VESTIBULAR - 2010
Analise o quadro que se segue e responda as questões 43 e 44:
Esse gráfico abaixo apresenta o número de cromossomos de algumas espécies animais e vegetais com seus respectivos
nomes científicos.
Nome Comum
Plantas
Melancia
Feijão
Arroz
Trigo
Aveia
Animais
Galinha
Cavalo
Jumento
Homem
Nome Científico
Número de Cromossomos em Células Somáticas
Citrulus vulgaris
Phaseolus vulgaris
Oryza sativa
Triticum vulgaris
Avena sativa
22
22
24
42
42
Gallus domesticus
Equus caballus
Equus asinus
Homo sapiens
78
64
62
46
43 - A oosfera de uma melancia, um óvulo de uma galinha e uma fibra muscular humana possuem, respectivamente, o
seguinte número de cromossomos:
(A) 22, 39 e 46;
(B) 22, 78 e 46;
(C) 11, 39 e 46;
(D) 11, 78 e 46;
(E) 11, 39 e 23.
44 - Carl von Linné ou Lineu em português é chamado o pai da taxonomia moderna.
Ele foi o criador da nomenclatura binomial e da classificação científica, organizando
os seres vivos em grupos e subgrupos chamados de níveis taxonômicos. Quanto
mais semelhantes os seres são entre si, mais níveis taxonômicos em comum eles
compartilham.
(http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Carl_von_Linn%C3%A9.jpg)
De acordo com as regras de nomenclatura científica, a alternativa que descreve corretamente sua ideia de classificação é:
(A) o feijão, o trigo e a melancia são evolutivamente mais próximos entre si do que com o arroz, porque pertencem a uma
mesma espécie.
(B) o cavalo e o jumento pertencem a uma mesma espécie, porém com número cromossomial diferente.
(C) o cavalo e o jumento são evolutivamente mais próximos entre si do que a aveia e o arroz porque pertencem a um
mesmo gênero.
(D) a aveia e o arroz pertencem a uma mesma espécie, porém com número cromossomial diferente.
(E) a melancia e o feijão são mais próximos evolutivamente do que o trigo por possuírem mesmo número de cromossomos.
45 - As focas, baleias e golfinhos possuem nadadeiras sem camada
de gordura e com isolamento térmico precário. Esses membros
recebem uma grande quantidade de sangue. Nas nadadeiras de um
golfinho, cada artéria é circundada por várias veias.
Essa disposição dos vasos sanguíneos permite que:
( Fisiologia Animal – Knut Schmidt)
(A) o sangue venoso seja aquecido pela transferência de calor do sangue arterial, antes de penetrar de volta no corpo;
(B) as veias atuem como um isolamento térmico evitando a perda de calor do sangue arterial que aquece as nadadeiras;
(C) uma maior quantidade de sangue oxigenado chegue até as nadadeiras auxiliando na manutenção da temperatura;
(D) o sangue oxigenado das artérias diminua sua temperatura aumentando a solubilidade dos gases e aumentando sua troca;
(E) o sangue das artérias absorva por difusão o restante de O2 dissolvido nas veias aumentando a eficiência das células musculares.
13
Escola Superior de Ciências da Saúde
VESTIBULAR - 2010
46 - Leia o texto abaixo:
“Amazônia pulmão do mundo”
Durante muito tempo, e até mesmo ainda hoje, essa ideia permanece. A ideia de que a floresta amazônica é a
principal produtora de O2. Porém sabemos hoje que a Amazônia tem sim um papel fundamental na absorção
de CO2 e liberação de O2, mas que não é a principal responsável por esse processo. Atualmente utiliza-se o
termo “ar condicionado” do mundo devido ao seu papel nas trocas de temperatura e umidade atmosféricas.
Na verdade, os “pulmões do mundo” são:
(A) os mares e oceanos devido a sua grande superfície e a fotossíntese planctônica;
(B) os desertos tendo em vista a intensa insolação para a fotossíntese vegetal;
(C) as savanas pela enorme quantidade de árvores de grande porte, muitos galhos e folhas largas;
(D) as Florestas de Monções que recebem a grande umidade trazida pelos ventos de mesmo nome, no sul da Ásia;
(E) as Florestas de coníferas com suas plantas adaptadas ao frio intenso capazes de realizar o mesmo nível de fotossíntese
durante o ano.
47 - Por ser fumado, o crack tem um efeito mais rápido do que a cocaína, uma vez que, atingindo os pulmões, chega
rapidamente ao cérebro, enquanto que a cocaína é aspirada pelo nariz e absorvida pela mucosa nasal até chegar à
corrente sanguínea.
Essa rapidez é devida ao fato de que a droga, ao ser absorvida pelos pulmões, é transportada até o coração e, de lá, para
o cérebro, passando obrigatoriamente pelos seguintes vasos:
(A) artéria pulmonar e veia pulmonar;
(B) artéria aorta e veias cavas;
(C) artéria coronária e veia pulmonar;
(D) veia pulmonar e artéria aorta;
(E) veias cavas e artéria coronária.
48 - É hábito antigo enrolar as frutas em jornal quando elas ainda não estão maduras. Desta forma, elas amadurecem
mais rápido do que quando não enroladas e, em alguns casos, mais rápido do que aquelas que ainda estão no pé.
Essa prática tem um fundamento biológico que é explicado porque o jornal:
(A) evita a ação oxidante do ar;
(B) retém o etileno produzido pela fruta;
(C) aumenta a concentração de ácido abscísico das sementes;
(D) diminui a quantidade de giberelinas pela fruta;
(E) atua como um isolante térmico mantendo a temperatura mais baixa.
49 - No apogeu do surto pandêmico em Londres, um cartaz na porta de um teatro apresentava o seguinte anúncio:
“É proibido tossir, espirrar ou escarrar neste teatro (...) No caso de necessidade, faça-o em seu
próprio lenço e, se a tosse persistir, deixe o teatro imediatamente.
(Epidemia – uma visão histórica e biológica das enfermidades)
Esse cartaz estava em um teatro durante o período da Grande Gripe Espanhola que matou mais gente e de uma forma
mais rápida do que a I Grande Guerra Mundial. Recentemente o Brasil passou por uma campanha semelhante para
combater a propagação do vírus A(H1N1).
Uma das grandes dificuldades no tratamento dos doentes é o de encontrar um antiviral capaz de combater o A(H1N1).
Ao contrário das bactérias, os vírus não podem ser combatidos com o uso de antibiótico porque:
(A) não possuem ácidos nucleicos;
(B) sintetizam proteínas diferentes das bactérias;
(C) não dispõem de metabolismo próprio;
(D) suas membranas são impermeáveis;
(E) são endoparasitas celulares.
14
Escola Superior de Ciências da Saúde
VESTIBULAR - 2010
50 - Pouco depois do aparecimento dos répteis, o grupo se dividiu em dois ramos. Um deles evoluiu dando origem aos
mamíferos, o outro voltou a dividir-se nos lepidossauros (cobras e lagartos modernos e talvez os répteis marinhos do
Mesozóico) e nos arcossauros (crocodilos e dinossauros). Esta última classe deu origem também às aves.
Uma das importantes adaptações dos répteis que garantiram seu sucesso na conquista do ambiente terrestre foi:
(A) a homeotermia que garante a regularidade do metabolismo basal;
(B) a excreção de ureia que economiza água na sua excreção;
(C) a circulação completa que garante um maior aporte de oxigênio para os tecidos;
(D) o desenvolvimento do embrião no interior do corpo da fêmea;
(E) o surgimento do âmnion que evita a desidratação do embrião no interior do ovo.
15

Documentos relacionados