40 anos do caminho neocatecumenal

Сomentários

Transcrição

40 anos do caminho neocatecumenal
40 ANOS DO CAMINHO NEOCATECUMENAL
NA DIOCESE DE SÃO JOÃO DA BOA VISTA
O ano de 2015 marca 40 anos de presença do Caminho Neocatecumenal na Diocese
de São João da Boa Vista.
Para comemorar esse acontecimento, as comunidades neocatecumenais mais
antigas da diocese, bem como a primeira comunidade de Machado (MG), reuniram-se em
São José do Rio Pardo, na sala São João Paulo II, para a celebração solene da Eucaristia, na
noite de 17 de novembro. Presidiu-a D. Orani João Tempesta, Cardeal Arcebispo do Rio de
Janeiro. Concelebraram-na D. Edmilson Amador Caetano, Bispo de Guarulhos; Monsenhor
Orlando Aparecido de Souza Panacci, Vigario Geral Diocesano, representando D. David Dias
Pimentel, Bispo Diocesano, impossibilitado de comparecer por motivo de saúde; D. Paulo
Celso De Martini, Abade emérito; cerca de 30 Presbíteros da diocese.
A liturgia esteve a cargo dos catequistas itinerantes, responsáveis pelo Caminho
Neocatecumenal na diocese: Pe. Joaquin Antón Carrazoni, o casal Melchor e Elvira Delgado e
Miguel Alvarez.
Em nossa Diocese o Caminho iniciou-se com três catequizações simultâneas durante
o período quaresmal e pascal no ano de 1975, em São Jose do Rio Pardo, na Paróquia São
Roque, em Tambaú, na Paróquia Santo Antonio e em Caconde na Paróquia Santuário Nossa
Senhora da Conceição. Esta presente hoje em nossa Diocese em 10 cidades, em 19 paróquias
e 88 comunidades nas diversas etapas da caminhada.
O Caminho Neocatecumenal é uma realidade eclesial, fruto do Concílio Vaticano II.
Sua missão é levar a renovação do Concílio às paróquias. Entra na paróquia a pedido do
Pároco, em comunhão com o Bispo, fazendo o anúncio potente do Querigma, isto é, do
Mistério Pascal de Jesus Cristo: Deus enviou seu Filho para nos libertar do pecado e da
morte; ressuscitado e elevado ao céu, Cristo apresenta suas chagas gloriosas ao Pai, por
todos os homens, e envia-nos o Espírito Santo.
O Caminho Neocatecumenal é uma Iniciação Cristã para adultos; realiza um
programa de formação para a vida cristã, de base eminentemente catequética e litúrgica,
desenvolvido em pequenas comunidades heterogêneas, constituídas pelas pessoas que
ouvem o anúncio do Querigma e dizem sim à vivência comunitária da fé.
O Concílio Vaticano II, e consequentemente o Caminho Neocatecumenal, é a resposta
do Espírito Santo aos desafios do Terceiro Milênio, sobretudo ao desafio da secularização.
Para evangelizar o homem contemporâneo e secularizado, são necessários sinais que
chamem à fé. Cristo deixou-nos dois sinais inequívocos: o amor ao próximo (Cf. Jo 13, 34-35)
e a unidade (Cf. Jo 17, 21). Por isso, para que se deem esses sinais e para que sejam vistos
pelo homem moderno, é fundamental viver a fé em pequena comunidade.
Nesse itinerário de fé, têm surgido, como dons do Espírito, frutos imensos: famílias
reconstruídas; famílias abertas à vida; jovens salvos das drogas; milhares de vocações para
os seminários e para a vida consagrada e contemplativa; catequistas itinerantes e famílias
que se oferecem para evangelizar nas zonas mais difíceis do planeta.
Atualmente, o Caminho Neocatecumenal está presente em 95 dioceses do Brasil,
contando com 1.700 comunidades, que, unidas aos bispos, realizam esta "modalidade
diocesana de Iniciação Cristã" (Estatuto do Caminho Neocatecumenal, art. 1º, § 2º).
O Caminho Neocatecumenal foi fortemente apoiado pelos Papas Paulo VI, São João
Paulo II, Bento XVI e mais recentemente pelo Papa Francisco. Deste último são as palavras
pronunciadas no Vaticano, dirigidas aos Neocatecumenais, em 6 de março deste ano: “Eu
confirmo a vossa chamada, apoio a vossa missão e abençôo o vosso carisma”.

Documentos relacionados

BI Sacerdotal - Diocese de Vila Real

BI Sacerdotal - Diocese de Vila Real O que, sobre o Bilhete de Identidade Sacerdotal, aqui se deixa escrito para conhecimento dos sacerdotes da Diocese de Vila Real é a súmula dum documento elaborado pelos ...

Leia mais