Baixe aqui - Teuto Esporte Clube

Сomentários

Transcrição

Baixe aqui - Teuto Esporte Clube
Planta em Foco nº 3
Nome científico: Calendula officinalis
Nome popular: Calêndula
Parte usada: flores
Origem: nativa das ilhas Canárias e região Mediterrânea, porém bem adaptada no
Brasil.
Inicio da colheita: na floração
Propagação: por sementes
Indicações:
Uso externo: Inflamações da pele e da membrana mucosa, queimaduras suaves,
queimaduras de sol, assaduras, acne, eczemas, abscessos, fissura mamária,
dermatite seborréia, dermatite atópica, escaras, picadas de insetos e tratamento de
feridas difíceis e purulentas.
Uso interno: Cólicas menstruais e menstruações irregulares (emenagoga); úlcera
gástrica e duodenal (cicatrizante); condições inflamatórias da mucosa oral e
faringeana; estimulante da atividade hepática (colerética).
Modo de preparo: verter uma xícara de chá de água fervente (150ml) sobre 1 a 2
colheres de chá (1 a 2 g) das pétalas picadas. Tampar por 15 minutos.
Posologia: tomar 1 a 2 xícaras da infusão ao dia. A infusão pode ser aplicada
externamente, em feridas e afecções da pele, na forma de compressa. Para o
tratamento de afecções da mucosa oral e faríngea, fazer o bochecho/gargarejo da
infusão 3 a 4 vezes ao dia.
Interações medicamentosas: nenhuma interação foi encontrada.
Contra indicação: o uso interno é contra indicado para gestantes e para indivíduos
sensíveis às plantas da família Asteraceae.
Efeitos adversos: Em casos raros pode causar dermatite de contato.
Restrição ao tempo de uso: o tratamento pode ser feito pelo tempo que se fizer
necessário.
Bibliografia:
Brasil. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Formulário de Fitoterápicos da
Farmacopéia Brasileira / Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Brasília: Anvisa,
2011.
Brasil. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. RDC 10 de 09 de Março de 2010 /
Agencia Nacional de Vigilância Sanitária. Brasília: ANVISA, 2010.
Interações medicamentosas de Stockley: plantas medicinais e medicamentos
fitoterápicos / Elizabeth Williamson... (et al). - Porto Alegre: Artmed. 2012.
Fitoterapia Comtemporânea: Tradição e Ciência na Prática Clínica / Glaucia de
Azevedo Saad...(et al). – Rio de Janeiro: Elsevier, 2009.
Plantas Medicinais do Brasil: nativas e exóticas cultivada / Harri Lorenzi, Francisco
José de Abreu Matos; computação gráfica Osmar Gomes. – Nova Odessa, SP:
Instituto Plantarum 2002.
Material elaborado pela Farmacêutica Jaqueline Guimarães – CRF/MG 7871