A Reabilitação na

Сomentários

Transcrição

A Reabilitação na
A Reabilitação na
ARTRITE PSORIÁTICA
Leda Magalhães de Oliveira
Fisioterapeuta
•
•
•
•
•
Doença inflamatória, crônica, do grupo das espondiloartropatias soronegativas,
com forte associação com antígeno HLA-B27
Atinge igualmente homens e mulheres
Perto de 95% dos pacientes tem artrite periférica
Perto de 40% tem artrite axial e sacro-ilíaca
Inflamação não se limita a articulação, mas inclui periósteo e áreas de inserção
tendínea - entesite
Espondiloartropatias e entesites
•
•
•
•
Entesite é a maior característica clínica das espondiloartropatias
A inflamação pode acometer a inserção de ligamentos, tendões ou cápsulas
Inflamação crônica leva a erosões e cistos, espessamento ósseo, alterações
periosteais (esporões e sindesmófitos)
Mais comuns: nuca, tuberosidade isquiática, tendão do calcâneo, sacroilíaca,
fáscia plantar
•
•
•
2-17% das pessoas com psoríase podem desenvolver Artrite Psoriática
As lesões e artrite não são sincrônicas
Prognóstico pobre: início mais tardio; mais de 5 articulações inflamadas e uso
intenso de imunossupressores
•
•
•
•
•
Combinação de entesite + sinovite resulta em dactilite (dedo em salsicha)
Com o tempo mais articulações são acometidas
Pode acometer todas articulações de um só dedo
Não é simétrica como artrite reumatóide
Pode existir rigidez matinal, índice de atividade da artrite
Tipos
1-Artrite Simétrica:
•
•
•
parece com AR, porém menos deformidades
Usualmente atinge muitas articulações, de forma simétrica
Leva a graus variados de disfunção
2-Artrite Assimétrica
• Poucas articulações
• Mais frequente em joelhos, quadris, tornozelos e punhos
• Dedos das mãos e pés podem apresentar dactilite (dedos em salsicha)
• Sinais inflamatórios: dor, calor,
↑ volume e avermelhadas
• Em geral provoca menos disfunção
•
Responde bastante bem à medicação
3-Espondilite:
•
•
•
•
Caracterizada por inflamação da coluna vertebral
Rigidez de pescoço,e região lombar, dor sacro-ilíaca e vertebral
Mobilidade prejudicada
Acompanhada de sintomas periféricos
4-Predomínio em IFD
•
•
•
•
Considerada clássica, mas 5% dos pacientes
Pode ser confundida com OA, por atingir mais articulações distais
Vale observar sinais nas unhas
O leito ungueal é conectado através de tecidos fibrosos que chegam até as
articulações IFP, portanto o cuidado com as unhas pode diminuir o
acometimento articular
5-Artrite Mutilante
•
•
•
•
Forma mais grave para função
Artrite muito destrutiva
Atinge especialmente pequenas articulações das mãos e pés
Com frequência se associa com dor cervical ou lombar
Tratamento Precoce
•
•
•
•
Posicionamento correto
Manter movimento articular
Estimular movimentação geral
Uso de órteses quando necessário
ATIVIDADES DE VIDA DIÁRIA
•
•
Uso costumeiro pelos profissionais da terapia ocupacional
Técnicas de proteção articular e conservação de energia
PROTEÇÃO ARTICULAR – reduzir tensão e dor nas articulações, preservando
integridade e diminuindo inflamação
•
•
•
Várias formas de realizar um trabalho
Pessoa exausta ou com dor está menos apta para outra atividade de forma
eficiente
Aumenta risco de acidente ou prejuízo de uma articulação já comprometida
CINESIOTERAPIA - tratamento por exercícios
•
Fase aguda da inflamação articular:
- crioterapia (20 min)
- exercício isométrico
( grupos extensores)
- posicionamentos e órtese (mãos)
•
Fase crônica da inflamação:
- exercício ativo – único a manter ou recuperar força muscular – progredindo
para exercício resistido
•
•
•
•
•
Exercícios resistidos MMII
Conforme capacidade do paciente
Especialmente:
-quadríceps, glúteo médio e máximo, dorsiflexores, abdutores dos dedos
Alongamento nas regiões de entesite (fáscia plantar, calcâneo)
Treino de marcha, auxiliares de marcha
•
•
•
Extensores de punho e dos dedos, abdutores dos dedos
Órteses de posicionamento ou repouso
Não é recomendável o uso de bolas duras para apertar – preferível massas com
resistência variável
•
•
•
•
Cuidados com os pés
Exercícios de pegar coisas com os dedos
Uso de sapatos com saltos até 4 cm e confortáveis (mulheres)
Uso de palmilhas para proteger contra entesites, calos e dedos em garra
Atividade Aeróbia
•
•
•
Doenças articulares são primeira causa de limitação das atividades físicas em
adultos
Inatividade resulta em fraqueza muscular, cansaço, depressão, aumenta limiar da
dor, sintomas cardiovasculares
Melhores atividades: natação, hidroginástica, tai chi chuan, caminhadas

Documentos relacionados

Artrite Reumatóide - International Association for the Study of Pain

Artrite Reumatóide - International Association for the Study of Pain • A AR se apresenta como uma poliartrite simétrica que afeta as pequenas articulações das mãos e dos pés. O início é geralmente insidioso, mas pode ser episódica ou aguda. • As articulações acometi...

Leia mais

Artrite Idiopática Juvenil

Artrite Idiopática Juvenil (ou resposta incompleta) às medicações acima citadas. São utilizados de forma subcutânea ou endovenosa e podem ser observados raros efeitos adversos como hipersensibilidade (fenômenos alérgicos no ...

Leia mais