Confira aqui a palestra

Сomentários

Transcrição

Confira aqui a palestra
Alimentação e o corpo: muito
além dos nutrientes
Juliana Bergamo Vega
Mestre e Especialista em Alimentacao Infantil – UNIFESP
Coordenadora de pesquisa do Programa de Atendimento, Ensino e Pesquisa em Transtornos Alimentares
na Infância e Adolescência (PROTAD) do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas (IPq- HCFMUSP)
 Pesquisas científicas
 Tratados internacionais
 Grupos de especialistas
 Excesso de peso  Doenças crônicas e inflamatórias
 Obesidade  Psoríase
Solução:
Perda de peso
PROBLEMA
RESOLVIDO
SERÁ?
Dietas restritivas funcionam?
Estudos controlados:
- Perda de peso, em média,10% do peso inicial
-1/3 a 2/3 do peso são recuperados em 1 ano
-Quase todo o peso é recuperado dentro de 5 anos
(Kausman, 2004)
Participantes do programa
Biggest Loser
(Folha de São Paulo, 03 de maio de 2016)
Redação iBahia
07/05/2015 22:41:00
Mas por que ???
Ganho de peso
Para quem não consumia
café da manhã
(TIMLIN, et.al, 2008)
Bernardi, 2008: Revisão sobre consumo alimentar, restrição e obesidade
 Restrições e dieta  efeito rebote, resultando em compulsão alimentar
 Consequências psicológicas: perda da autoestima, mudanças de humor
e distração
Neumark-Sztainer D, et al (2012):
Coorte 10 anos:
50% das meninas e 25% dos meninos que fizeram dieta
tiveram maior aumento de peso e compulsão alimentar ao
longo dos anos
Indivíduos que faziam dieta :
Risco 18 vezes maior para o desenvolvimento de transtornos
alimentares
(Morgana; Vecchiattia; Negrão, 2002)
Pesquisas científicas: estudos controlados





Não avaliam resultados a longo prazo
Não avaliam efetividade das interveções
Não avaliam prejuízos emocionais
Peso como principal indicador de saúde
Alimentação como algo mecanizado e racional
Fatores que influenciam as escolhas alimentares:
Psicológicos
Nutricionais
Sociais
Culturais
Ambientais
Econômicos
Aumento
obesidade
Crenças e
modismos
alimentares
Necessidade
de controle
Dietas
restritivas
Ovo NÃO pode!
Leite faz
bem!
Ovo
pode!
Leite NÃO
pode!
Carboidrato
engorda!
(imagem: veja on-line, Montagem Anderson Marçal)
CENÁRIO ATUAL:
“ O PARADOXO”
GUERRA DECLARADA CONTRA
A COMIDA
(SITE MILC,2016)
Palavra "DIETA" no Google: 76.500.000
Alimento RUIM
Alimento
BOM
(imagem: google ima
PROGRAMAS CULINÁRIOS NA TV
Cozinha década de 50
Cozinha atual
GUERRA DECLARADA CONTRA
O CORPO
Obesidade em adultos no mundo
IASO,2014
Expectativas irreais
 Apenas 4% das mulheres de todo o mundo se acham bonitas
 80% das mulheres concordam que cada mulher tem algum detalhe bonito,
mas não enxergam sua própria beleza
 72% das meninas sentem uma imensa pressão para serem bonitas
 6 em cada 10 meninas estão tão preocupadas com a própria aparência que
preferem deixar de realizar atividades importantes
Pesquisa Dove®: A real verdade sobre a beleza: Revisitada, 2010/2013
GUERRA CONTRA O CORPO :





Baixa autoestima
Culpa
Depressão
Ansiedade
Estresse
IMAGEM CORPORAL:
Mulheres obesas: insatisfação corporal e baixa autoestima
Imagem corporal em 8 indivíduos com psoríase: insatisfação corporal e impactos
psicossociais
• Esconder mais o corpo
• Diminuir atividade física
• Estudo : 100 indivíduos com psoríase e 100 indivíduos sem psoríase
• Pacientes com psoríase associada a Transtornos Alimentares
O QUE FAZER?
1. A CULPA NÃO É SUA!
Prevalência de obesidade em adultos nos EUA
1985
®’
No Data
<10%
10%–14%
IASO,2014
Prevalência de obesidade em adultos nos EUA
1988
No Data
<10%
10%–14%
IASO,2014
Prevalência de obesidade em adultos nos EUA
1990
No Data
<10%
10%–14%
IASO,2014
Prevalência de obesidade em adultos nos EUA
1992
No Data
<10%
10%–14%
15%–19%
IASO,2014
Prevalência de obesidade em adultos nos EUA
1994
No Data
<10%
10%–14%
15%–19%
IASO,2014
Prevalência de obesidade em adultos nos EUA
1996
No Data
<10%
10%–14%
15%–19%
IASO,2014
Prevalência de obesidade em adultos nos EUA
1998
No Data
<10%
10%–14%
15%–19%
≥20%
IASO,2014
Prevalência de obesidade em adultos nos EUA
2000
No Data
<10%
10%–14%
15%–19%
≥20%
IASO,2014
Prevalência de obesidade em adultos nos EUA
2002
No Data
<10%
10%–14%
15%–19%
20%–24%
≥25%
IASO,2014
Prevalência de obesidade em adultos nos EUA
2004
No Data
<10%
10%–14%
15%–19%
20%–24%
≥25%
IASO,2014
Prevalência de obesidade em adultos nos EUA
2005
No Data
<10%
10%–14%
15%–19%
20%–24%
25%–29%
≥30%
IASO,2014
EPIDEMIA DE OBESIDADE
Mudança no ambiente nos últimos anos associado ao
estilo de vida:
 Hábitos alimentares
 Sedentarismo
PÓS GUERRA
ATUALMENTE
What's for dinner, America? Harry Balzer
Peter Menzel and Faith D'Aluisio: What the World Eats
Quantidade de açúcar em cada tipo de bebida
(FOTOS Projeto PAPPAS)
Quantas colheres de açúcar você consumiria se tomasse essas
bebidas diariamente?
+
26 colheres de sopa
+
+
Consumo de açúcar
Source: Johnson RJ, et al. Potential role of sugar (fructose) in the epidemic of hypertension, obesity and
the metabolic syndrome, diabetes, kidney disease, and cardiovascular disease. The American Journal of
Clinical Nutrition, 2007.
Consumo de bebidas açucaradas
Porções Grandes
59
Brasil – maior consumidor de açúcar do mundo
• Brasileiro 55 kg /açúcar por ano (5kg/mês)
X
• Média mundial por habitante  21 kg/ ano
• Quantidade de açúcar nos alimentos industrializados
“Refrigerante e doce provocam epidemia de diabetes em
índios em MT”
Prevalência de diabetes de 28,2%
(Folha de São Paulo, 09/08/2015)
Aborígenes australianos que vivem em cidades com alta
prevalência de DCNT voltam ao antigo estilo de vida por
7 semanas:
 Perda de peso, mudança na alimentação e aumento da
atividade física
 Maioria dos marcadores inflamatórios voltam a normalidade
(O’Dea, Kerin, 1984)
2. Aceite-se, ame-se, cuide-se!
(Site Eu não sou exposição)
https://www.tumblr.com/tagged/beleza-real
(Site Ideia de menina)
Diuly Ottobeli
(Campanha DOVE real beleza)
Estudo com 284 estudantes
Imagem corporal positiva :
 < depressão
 > Comportamentos alimentares saudáveis
3. Mexa-se!
Gasto energético - ocupação
Source: Church TS, et al. Trends over 5 Decades in U.S. Occupation-Related Physical Activity
and Their Associations with Obesity. PLoS One, 2011.
Apenas 15% dos adultos
praticam atividade física
regularmente
(BRASIL,2011)
- Geração “touchscreen”
Principais benefícios da atividade física regular:





< Risco cardiovascular
< Doenças circulatórias
< Doenças crônicas
< estresse, ansiedade e depressão
> autoestima, bem estar, energia
4. “Coma comida, mais
vegetais, com moderação!”
Michael Pollan
“Coma comida”
Ingredientes: Farinha de trigo, ovos, água, sal.
Prefira COMIDA e não PRODUTOS
Prateleira “produtos saudáveis”
Comida!
“ mais vegetais”
“com moderação!”
Respeite o sinais do corpo
 Fome
 Saciedade
Ganho de peso – “pensamento de dieta”?
Source: Dr. Stephan Guyenet. Why do we Overeat? A Neurobiological Perspective. 2014.
Faça as pazes com a comida
Faça as pazes com seu corpo
OBRIGADA!
[email protected]