Janeiro 2008

Сomentários

Transcrição

Janeiro 2008
Skopos HG FICFIA
Carta ao Investidor
“Um homem sensato utiliza estatística não para
ter conhecimento, mas sim para evitar que a
ignorância o atinja”
Thomas Carlyle
Janeiro 2008
Em janeiro de 2008 o Skopos HG desvalorizou-se 4,8%. O Ibovespa caiu 6,9% mas esse número não
mostra toda realidade uma vez que muitas empresas em diversos setores cairam mais de 15%. Foi um
mês difícil para muitos gestores.
Continuamos com uma posição de caixa próxima a 45%. Não reduzimos essa posição nem nos piores
momentos de janeiro quando a bolsa estava caindo mais de 15%. Definitivamente, não estamos
confortáveis com o nível atual de preços, principalmente os das empresas cíclicas. Esse setor tem sido o
destaque da alta e, no curto prazo, parece ser o porto seguro daqueles que acreditam no tema do
descolamento (decoupling) dos países emergentes em relação à crise de crédito dos países
desenvolvidos. Mesmo que isso seja verdade, os preços atuais das ações desses setores precificam um
nível de lucratividade que não achamos sustentável no longo prazo. Não precisamos da crise global pra
acreditar que essa história já está perto do fim.
O Ibovespa é um índice ponderado pela liquidez. Empresas maiores, tendem a ser mais líquidas. Assim,
existe a tendência de setores que tiveram uma performance superior, atraírem um número cada vez
maior de investidores de curto prazo (especuladores), aumentando a negociabilidade acima do que seria
normal. Por tanto, o Ibovespa sempre aumenta o peso daquilo que está na moda. Depois de 5 anos de
alta, é a vez dos commodities estarem na moda. Em 2000, era a telecom que detinha 60% de peso. Hoje,
os cíclicos já pesam mais de 50% no índice.
O gráfico abaixo mostra que a bolsa é um bom investimento no longo prazo. Desde 1970, a regressão do
índice mostra que o retorno médio do Ibovespa é de 11% em dólar. O S&P tem um retorno próximo a 8%
a.a. Parece pouco, mas se compararmos, Us$100 investidos no Brasil viram Us$806 em vinte anos
contra Us$ 466,00 nos EUA. O risco maior parece compensar.
Ibovespa em dólar 1970-2007
100000
37,452
10000
2,214
1000
Jan-08
Jan-06
Jan-04
Jan-02
Jan-00
Jan-98
Jan-96
Jan-94
Jan-92
Jan-90
Jan-88
Jan-86
Jan-84
Jan-82
Jan-80
Jan-78
Jan-76
Jan-74
Jan-72
Jan-70
100
O período analisado compreende 458 meses, de janeiro de 1970 a janeiro de 2008. Durante esses 37
anos, tivemos diferentes períodos de oscilação do dólar ante as cestas de moeda internacional, de modo
que a situação atual, já aconteceu no passado. Além disso, essa regressão não visa apresentar um
instrumento preciso de projeção.
A linha que delimita o topo está 148% acima da linha de tendência. Mais ou menos 20% no valor do dólar
não vai mudar sensivelmente o sinal principal dessa estatística. Uma reversão à média histórica
representa uma queda de aproximadamente 60%. Sem uma correção mais severa, vai demorar
aproximadamente 10 anos para a tendência de longo prazo buscar o patamar atual de preços. Adimitindo
que a correção dure 5 anos estamos falando de um Ibovespa a US 22.000 pontos, uma queda de 38%.
Resultados dos dados
Meses abaixo da linha inferior
Meses acima da linha superior
Meses dentro da banda des osc.
Preço Atual
Teto da Banda
Linha de Tendência
Piso da Tendência
Meses
45
17
396
35.849
36.115
14.562
5.872
Osc.
9,8%
3,7%
86,4%
Propositalmente, colocamos o preço atual próximo do limite da linha superior. A chance dos preços se
manterem acima não é nula, mas os prognóticos não são animadores. Mesmo sendo cliché, vale repetir
que estar aproximadamente certo é melhor do estar precisamente errado. A estatística reforça nossa
percepção do nível atual de valorização das ações.
Obrigada pela confiança,
Skopos Adm. de Recursos
Anexo 1. Rentabilidade do fundo Skopos HG FICFIA
Anexo 2. Perfil de Liquidez do fundo Skopos HG FICFIA
SKOPOS MASTER FI AÇÕES
# Ações
31/dez/07
31/jan/08
26
19
19
20
Longs
Shorts
Financeiro
31/dez/07
31/jan/08
676,711,419
639,431,799
-203,054,245
-215,115,348
%PL
31/dez/07
88%
-26%
31/jan/08
85%
-29%
Curva de Concentração
100%
90%
80%
%Carteira
70%
60%
50%
40%
30%
20%
10%
0%
1
5
9
13
17
21
25
29
33
37
41
45
49
# Ações
Long Anterior
Faixa Liquidez
R$ 10 mi/dia
R$ 1 mi até R$ 10 mi/dia
R$ 1 mi/dia
31/dez/07
75%
23%
2%
31/jan/08
77%
22%
1%
Short Anterior
Long Atual
Short Atual
Faixa Market Cap
R$ 10 bi
R$ 1 bi até R$ 10 bi
R$ 1 bi
31/dez/07
23%
76%
1%
31/jan/08
22%
77%
1%
Risco - Credit Suisse Hedging-Griffo

Documentos relacionados