Reunião Matinal - XP Investimentos

Сomentários

Transcrição

Reunião Matinal - XP Investimentos
3 de outubro de 2012
Reunião Matinal/
Highlights/
Destaques/
Abertura
Mercados externos vão andando de lado nesta manhã, enquanto a agenda política segue
indefinida e a agenda macro continua sem trazer dados que suportem um maior apetite
por risco.
Na Ásia e região, o destaque ficou para os dados divulgados na Austrália. Um dia após o
BC ter surpreendido o mercado com uma queda de juros citando uma deterioração nas
perspectivas da economia global, os dados de balança comercial e do setor imobiliário corroboraram a decisão. O ritmo de vendas de casas novas despencou -5.3% em agosto, atingindo a mínima de 15 meses. Já a balança comercial registrou um déficit de US$ 2 bilhões,
bem pior que o esperado e registrando o pior resultado desde marco de 2008. Para fechar
a agenda, foi divulgado o PMI serviços da China que caiu de 56.3 para 53.7 em setembro.
VALE5 - Vale paralisa ferrovia após
protestos
FIBR3 - Fibria firma aliança com empresa americana
BBAS3 - BB capta US$ 1,75 bi com
menor juro da história
Na Europa, o indicador de atividade PMI do setor de serviços mostrou estabilidade em setembro ao registrar 46.1 pontos, em linha com o esperado. Já o resultado das vendas no
varejo veio ligeiramente acima das estimativas. O avanço de 0.1% em agosto foi melhor
do que a ligeira queda de -0.1% projetada pelos analistas.
Nos EUA, acabou de ser divulgado o resultado do ADP, sinalizando que houve uma criação
de 162k no mercado de trabalho privado, melhor do que as estimativas de 140k. Outro
destaque na agenda fica para o resultado do ISM serviços às 11h00.
No Brasil, também será divulgado o indicador de atividade do setor de serviços às 10h00.
Bolsas Internacionais ∆%/
Horário
País
Indicador
Referência
quarta-feira, 3 de outubro de 2012
Índice
Pais Pontos
Dia
Mês
2012
Ibovespa
BRA 59.222
(0,6)
0,1
4,3
Dow Jones
EUA 13.482
(0,2)
0,3
10,4
S&P 500
EUA
1.446
0,1
0,4
15,0
FTSE 100
GBR
5.809
(0,2)
1,2
4,3
CAC 40
FRA
3.414
(0,6)
1,8
8,1
DAX
DEU
7.306
(0,3)
1,2
23,9
NIKKEI 225
JPN
8.786
-
(0,9)
HANG SENG HKG 20.840
-
0,0
3,9
13,1
04:15
Espanha
PMI Services
setembro
04:45
Itália
PMI Services
setembro
04:50
França
PMI Services
setembro
Maiores Altas e Baixas /
04:55
Alemanha
PMI Services
setembro
Nome
Ticker
∆%
Part. (%)¹
05:00
Eurozone
PMI Services
setembro
Marfrig
MRFG3
3,9
0,61
05:00
Brasil
IPC -FIPE
setembro
Lojas Renner
LREN3
2,8
1,06
05:30
Inglaterra
PMI Services
setembro
B2W Varejo
BTOW3
2,5
0,41
06:00
Eurozone
Eurozone Retail Sales (MoM)
agosto
Lojas Americ
LAME4
2,5
1,04
08:00
EUA
MBA Mortgage Applications
semanal
Gol
GOLL4
(10,9)
0,83
09:15
EUA
ADP Employment Change
setembro
Gafisa
GFSA3
(8,3)
1,21
10:00
Brasil
PMI Services
setembro
Brookfield
BISA3
(5,2)
0,66
11:00
EUA
ISM Non-Manf. Composite
setembro
Rossi Resid
RSID3
(4,7)
0,98
1- P articipação no índice Ibo vespa
Análise XP Investimentos | www.xpi.com.br
Cotações/
Bolsas Internacionais ∆%/
Índice
Pais
Commodities Index ∆%/
Pontos
Dia
Mês
2012
Índice
Tipo
Cotação
Dia
Mês
2012
Dow Jones
EUA
13.482
(0,2)
0,3
10,4
CRB
Geral
-
0,2
-
-
S&P 500
EUA
1.446
0,1
0,4
15,0
CRB METL
Metálicas
909
0,5
0,5
8,3
FTSE 100
Reino Unido
5.809
(0,2)
1,2
4,3
CRB FOOD
Alimentares
452
(0,2)
(0,2)
3,7
CAC 40
França
3.414
(0,6)
1,8
8,1
CRB RIND
Matérias primas
532
0,3
0,3
2,9
DAX
Alemanha
7.306
(0,3)
1,2
23,9
IBEX
Espanha
7.867
1,1
2,1
(8,2)
MEXBOL
México
41.199
0,2
0,8
11,1
MICEX
Rússia
1.486
(0,3)
1,9
5,9
Ticker
Cotação
Dia
Mês
2012
NIKKEI 225 Japão
8.786
(0,1)
(0,9)
3,9
Petróleo WTI
CLA
92
(0,8)
(0,5)
(6,7)
20.840
0,4
0,0
13,1
Petróleo Brent
COA
111
(0,7)
(0,9)
6,8
HANG SENG Hong Kong
Bolsa Nacional ∆%/
Índice
Ticker
Pontos
Dia
Mês
2012
Ibovespa
IBOV
59.222
(0,6)
0,1
4,3
IBX
IBX
21.132
0,0
0,8
7,2
72
(0,5)
0,8
22,8
Small Caps SMLL
Telecom
ITEL
-
-
-
-
Consumo
ICON
2.197
0,8
2,1
29,8
Financeiro
IFNC
3.686
(0,1)
0,9
6,3
Imobiliário
IMOB11
922
(0,9)
(0,3)
23,1
Performance Setorial (∆%)/
Commodities ∆%/
Índice
Ouro
GOLDS
1.775
(0,0)
0,2
13,5
Cobre
CUA
59.460
0,8
0,0
-
Niquel
LNA
18.685
1,3
1,3
(0,3)
Prata
SILV
35
(0,1)
0,3
24,4
Milho
CORN
48
0,0
(0,1)
15,2
Soja
SA
1.531
(1,9)
(4,4)
27,1
Café
KCA
184
3,1
5,9
(22,2)
Boi
LCA
127
0,3
1,5
(2,3)
Açúcar
SBA
22
2,2
5,7
(7,6)
Celulose
WPAA
810
0,0
0,0
(6,0)
Algodão
VVA
19.295
(0,1)
0,0
-
Tipo
Cotação
Dia
Mês
2012
Moedas ∆%/
Divisa
-3,9%
Aviação e
Logística
Papel & Celulose
Varejo e Consumo
0,0%
1,1%
Dolar/Real
Moeda
2,03
0,0
(1,0)
(7,8)
Euro/Real
Moeda
2,62
(0,2)
(0,8)
(7,7)
Euro/Dolar
Moeda
1,29
0,3
3,7
(0,3)
Dolar/Moedas
Futuro
79,83
(0,1)
(0,2)
(2,9)
Yuan/Dolár
Moeda
0,01
0,2
0,3
1,6
Yen/Dolár
Moeda
0,16
0,6
0,6
0,4
Última
2012E*
∆%
2013E*
∆%
Selic
7,50%
7,50%
0,0 p.p.
8,00% -0,5 p.p.
IPCA
5,35%
5,36%
0,0 p.p.
5,48% -0,1 p.p.
IGP-M
8,47%
8,60%
-0,1 p.p.
PIB
1,57%
1,57%
0,0 p.p.
-2,9% Construção Civil
-0,1% Financeiro
-0,5% Infraestrutura
-1,2% Telecomunicações
-0,7% Mineração e
Siderurgia
Indicadores Econômicos /
*Fonte: Boletim Focus
-0,5% Energia Elétrica
-0,4% Petróleo & Gás
Análise XP Investimentos | www.xpi.com.br
5,27%
3,2 p.p.
4,00% -2,4 p.p.
Proventos/
Lista de empresas que anunciaram pagamento de proventos
Código
Data Ex
Data de
PGTO
Líquido
Bruto
Tipo
Frequência
Yield
Estimado
(%)¹
Yield ²
Bradesco
BBDC 3
2/10/2012
31/07/13
0,085
0,100
JC P
Irregular
1,19
0,3%
Bradesco
BBDC 4
2/10/2012
03/12/12
0,002
0,003
JC P
Anual
-
0,0%
Vale
VALE3
17/10/2012
01/11/12
0,016
0,019
JC P
Mensal
-
0,0%
Vale
VALE5
17/10/2012
01/11/12
0,018
0,021
JC P
Mensal
3,18
0,1%
Empresa
Banestes
BEES3
1/11/2012
31/10/12
0,582
0,582
Dividendo
Irregular
5,75
114,1%
Arezzo C o
ARZZ3
1/7/2013
31/10/12
0,582
0,582
Dividendo
Irregular
6,73
1,6%
Fonte: Análise XP e Bloomberg
1 - Dividend Yield estimado da empresa no ano em questão, com base no consenso das previsões do Bloomberg.
2 - Yield do provento a ser distribuído (valor bruto do provento ÷ preço de fechamento)
Atenção: A lista de empresa descrita acima tem caráter informativo, aconselhamos a verificação das informações junto a empresa (fato
relevante) para a validação de qualquer informação.
Análise XP Investimentos | www.xpi.com.br
Painel Corporativo/
VALE - VALE5/
Vale
Geral
VALE PARALISA FERROVIA APÓS PROTESTOS
Recomendação
Atrativa
A Vale interrompeu as operações de uma das suas principais vias de escoamento de minério de ferro devido a um protesto de índios que bloquearam a Estrada de Ferro de Carajás,
na região Norte do país. O transporte de passageiros também foi interrompido e a empresa
disse que disponibilizaria ônibus. Segundo a mineradora, os índios bloquearam a ferrovia no
quilômetro 289, entre os povoados maranhenses de Mineirinho e Auzilândia, no município
de Alto Alegre do Pindaré (MA). A empresa disse ainda que está acionando todos os meios
legais para responsabilizar os invasores civil e criminalmente, já que obstruir ferrovia é
crime.
C ódigo
Máxima (52 semanas)
44,30
Notícia marginalmente negativa, mas entendemos que os efeitos materiais para
empresa serão reduzidos, uma vez que não se espera que tal ferrovia se mantenha fechada por um período longo de tempo. De qualquer forma, é importante
monitorar a questão, uma vez que mais de 30% da produção de minério de ferro
da empresa advém do sistema Norte (Carajás).
Mínima (52 semanas)
31,73
VALE5
Última C otação (R$)
35,15
Negociação (R$)
Vol. Méd. Mensal (MM)
768,98
Market C ap (MM)
191.977
Performance (∆%)
Absoluta
vs. IBOV
Diária
-0,3%
0,3 p.p.
Semanal
-0,3%
-0,4 p.p.
Mensal
-0,3%
-0,4 p.p.
-7,1%
-11,4 p.p.
2012
Multiplos Estimados
2012E
2013E
P/L
6,9x
5,5x
EV/EBITDA
5,2x
4,5x
P/VPA
1,1x
1,0x
Fonte: Análise XP e Bloomberg
FIBRIA - FIBR3/
Fibria
Geral
FIBRIA FIRMA ALIANÇA COM EMPRESA AMERICANA
Recomendação
Atrativa
A Fibria informou que firmou uma aliança estratégica com a Ensyn Corporation, uma empresa privada incorporada em Delaware, nos Estado Unidos. Conforme o fato relevante,
essa aliança inclui a compra de 6% do capital da Ensyn, no valor de US$ 20 milhões, e o
estabelecimento de um joint venture com participação igualitária a ser incorporada em Delaware para futuro investimento em produção de combustíveis líquidos e químicos a partir
de biomassa no Brasil. A Ensyn desenvolveu e é proprietária de tecnologia provada comercialmente conhecida como Rapid Thermal Processing™ (“RTP”), a qual converte madeira e
outras biomassas não advindas de alimentos em combustíveis líquidos renováveis e químicos. O principal produto do processo da Ensyn é um combustível líquido renovável conhecido com Renewable Fuel Oil™ (“RFO”), e que é um substituto do petróleo com múltiplos
usos, incluindo aquecimento industrial, conversão para combustíveis de transporte e geração de energia em motores a diesel.
C ódigo
FIBR3
Última C otação (R$)
18,65
Notícia interessante e marginalmente positiva para empresa, dado a sua pequena
relevância em termos de tamanho (US$ 20 milhões por 6% da companhia), comparativamente a Fibria, que hoje possui uma capitalização de mercado de R$ 10,3
bilhões. Ainda assim, entendemos que o investimento objetive o aproveitamento e
a otimização dos resíduos produzidos pela empresa em seu processo produtivo,
podendo gerar potenciais reduções de custos no futuro, ou ainda uma nova linha
de receitas para a companhia. Chama atenção também a base de acionistas atual
da Ensyn queinclui Credit Suisse, Impax Asset Management, uma divisão da Chevron USA., Felda Palm Industries Sdn Bhd (maior produtor de óleo de palma da
Malásia) entre outros. Isso mostra que não só a Fibria, mas outros importantes
players estão apostando na empresa.
Diária
0,1%
0,7 p.p.
Semanal
1,2%
1,1 p.p.
Mensal
1,2%
1,1 p.p.
34,5%
30,1 p.p.
Negociação (R$)
Vol. Méd. Mensal (MM)
34,13
Market C ap (MM)
10.331
Máxima (52 semanas)
19,34
Mínima (52 semanas)
12,34
Performance (∆%)
Absoluta
2012
vs. IBOV
Multiplos Estimados
2012E
P/L
2013E
-
48,6x
EV/EBITDA
7,9x
7,7x
P/VPA
0,6x
0,6x
Fonte: Análise XP e Bloomberg
Análise XP Investimentos | www.xpi.com.br
Painel Corporativo/
BANCO DO BRASIL - BBAS3/
Brasil
Geral
BB CAPTA US$ 1,75 BI COM MENOR JURO DA HISTÓRIA
O Banco do Brasil captou US$ 1,75 Bi com a emissão de títulos de dívida de 10 anos nos
EUA e Europa. O dinheiro será utilizada para compor o caixa do banco, que está entre os
que mais fazem empréstimos no país. Para levantar o dinheiro, o banco aceitou pagar um
retorno de 4%. Segundo o BB, trata-se do menor juro já pago por um banco latinoamericano e da maior captação já feita pela instituição. Do total levantado, 53% foram
comprados por investidores das Américas e 37% por europeus. O título também será oferecido a investidores asiáticos, que poderão comprar até mais 10% dos bônus emitidos (US$
175 MM). Além dessa captação, o banco levantou outros US$ 1,75 Bi com a venda de títulos perpétuos, US$ 750 MM em títulos em dólares e mais US$ 320 MM em ienes.
A notícia é positiva para o Banco do Brasil, mas é preciso levar em conta que trata
-se de um banco com respaldo estatal, o que explica o apetite pelos títulos e a
menor taxa paga. É difícil crer que investidores teriam levado as taxas a este recorde caso a emissão fosse executada por um banco privado com Índice de Basileia (alavancagem) equivalente ao do BB, isto é, de 14,6%, um dos menores entre
os grandes bancos (quanto maior, melhor). Vale destacar que o mínimo exigido
pelo Bacen é de 11%. De toda maneira, a operação deve ser bem recebida pelos
acionistas, considerando que a instituição vem procurando novas formas de reforçar sua estrutura de capital, a exemplo das negociações com o Tesouro Nacional
para injeção de cerca de R$ 8 bilhões, anunciada em setembro.
Recomendação
Atrativa
C ódigo
BBAS3
Última C otação (R$)
25,1
Negociação (R$)
Vol. Méd. Mensal (MM)
175,63
Market C ap (MM)
71.922
Máxima (52 semanas)
29,79
Mínima (52 semanas)
18,00
Performance (∆%)
Absoluta
vs. IBOV
Diária
0,4%
1,0 p.p.
Semanal
1,2%
1,1 p.p.
Mensal
1,2%
1,1 p.p.
5,9%
1,6 p.p.
2012
Multiplos Estimados
2012E
P/L
EV/EBITDA
P/VPA
2013E
6,4x
-
-
1,1x
1,0x
Fonte: Análise XP e Bloomberg
Análise XP Investimentos | www.xpi.com.br
6,0x
Recomendações/
Carteiras Recomendadas
Top Picks
Ativo
Performance
Data de
Compra
Cotação
Atual *
Semanal
4 semanas Em 2012
Inicial**
C ielo ON
C IEL3
01-out-12
50,23
-0,5%
-15,2%
30,2%
-0,5%
C etip ON
C TIP3
03-set-12
26,17
-1,7%
2,8%
-1,7%
-0,2%
Pão de Açúcar PN
PC AR4
24-set-12
91,55
0,0%
4,8%
39,1%
3,6%
OHL Brasil ON
OHLB3
17-set-12
18,56
-0,4%
-4,7%
57,9%
3,1%
Tim ON
TIMP3
01-out-12
7,46
-5,2%
-5,8%
-18,8%
-5,2%
-1,5%
2,0%
9,5%
33,0%
-0,8%
0,8%
4,8%
-11,7%
Top Picks
Ibovespa
* P reço s médio s
Carteiras Mensais
**P erfo rmance desde 03 de maio de 2010
Performance
Na
semana
No mês
Em 2012
Em 2011
Inicial*
Carteira Recomendada XP
0,3%
0,3%
29,9%
-12,1%
133,6%
Carteira XP Dividendos
0,3%
0,3%
6,6%
4,0%
88,0%
Carteira XP Small Caps
-1,1%
-1,1%
29,9%
-18,9%
-
Ibovespa
0,7%
0,7%
5,0%
-18,1%
26,0%
*P erfo rmance desde 30 de abril de 2009
Carteira XP Small Caps/
110
100
90
80
70
jun-11
Small Caps XP
ago-11
out-11
dez-11
Ibovespa
fev-12
abr-12
Top Picks/
150
130
110
90
70
mai-10
TOP PICKS XP
set-10
Análise XP Investimentos | www.xpi.com.br
jan-11
mai-11
IBOV
set-11
jan-12
Recomendações/
Mapa de Recomendações/
Nome
Código
Recomendação
AES Tiete
GETI4
Neutra
Aliansce
ALSC 3
Atrativa
All Amer Lat
ALLL3
Neutra
Alpargatas
ALPA4
Ambev
Nome
Recomendação
LUPA3
Neutra
M Dias Branco
MDIA3
Neutra
Magnesita SA
MAGG3
Neutra
Atrativa
Mahle Metal Leve
LEVE3
Atrativa
AMBV4
Atrativa
Marfrig
MRFG3
Neutra
Arezzo C o
ARZZ3
Não Atrativa
Mills
MILS3
Atrativa
BR Malls Par
BRML3
Atrativa
MPX Energia
MPXE3
Atrativa
BR Properties
BRPR3
Atrativa
Multiplan
MULT3
Neutra
Bradesco
BBDC 3
Não Atrativa
Odontoprev
ODPV3
Neutra
Brasil
BBAS3
Não Atrativa
OGX Petroleo
OGXP3
Neutra
Brasilagro
AGRO3
Atrativa
OHL Brasil
OHLB3
Atrativa
BRF Foods
BRFS3
Neutra
Oi
OIBR4
Atrativa
Brookfield
BISA3
Neutra
Panamericano
BPNM4
Neutra
C C R SA
C C RO3
Atrativa
Pão de Açucar
PC AR4
Atrativa
C oelce
C OC E5
Neutra
PDG Realt
PDGR3
Neutra
C omgás
C GAS5
Atrativa
Petrobras
PETR3
Neutra
C osan
C SAN3
Atrativa
Positivo Inf
POSI3
Não Atrativa
C r2
C RDE3
Neutra
Raia Drogasil
RADL3
Neutra
C remer
C REM3
Neutra
Randon Part
RAPT4
Neutra
Ecorodovias
EC OR3
Atrativa
Redecard
RDC D3
Neutra
Eletropaulo
ELPL4
Não Atrativa
Renova
RNEW11
Atrativa
Estacio Part
ESTC 3
Atrativa
Santos Brp
STBP11
Neutra
Eternit
ETER3
Neutra
Sao Martinho
SMTO3
Atrativa
Fer Heringer
FHER3
Neutra
Sierrabrasil
SSBR3
Atrativa
Generalshopp
GSHP3
Atrativa
SLC Agrícola
SLC L3
Neutra
Gerdau
GOAU4
Neutra
Sulamérica
SULA11
Atrativa
Grendene
GRND3
Neutra
Technos
TEC N3
Atrativa
Ideiasnet
IDNT3
Neutra
Tecnisa
TC SA3
Atrativa
Iochpe Maxion
MYPK3
Atrativa
Telefonica
VIVT4
Neutra
Itaúsa
ITSA4
Neutra
Tran Paulist
TRPL4
Neutra
JBS
JBSS3
Não Atrativa
Ultrapar
UGPA3
Neutra
JSL
JSLG3
Atrativa
Usiminas
USIM5
Não Atrativa
Light S/A
LIGT3
Não Atrativa
Vale
VALE3
Atrativa
Valid
VLID3
Atrativa
Vanguarda Agro
VAGR3
Neutra
Llx Log
LLXL3
Neutra
Lojas Renner
LREN3
Não Atrativa
Lupatech
Código
*Fo nte: A nálise XP
Análise XP Investimentos | www.xpi.com.br
Fundos Acompanhados/
Relatório Diário - Fundos de Investimento Imobiliário
2/10/2012
18:33
Maiores Altas
Fundo
Código
Preço Atual
Var %
Fundo
Código
Preço Atual
Grand Plaza Shopping ABCP11
R$ 10,44
11,06%
CSHG Recebíveis Imobiliários
CSBC11
BC
R$ 1.114,00
2,20%
Excellence
Kinea Renda Imobiliária KNRI11
R$ 1.748,00
2,04%
RNGO11
R$ 106,99
1,75%
Mais Shopping Largo 13MSHP11
R$ 585,00
1,74%
RB Capital General Shopping
RBGS11
Sulacap
Rio Negro
Parque Dom Pedro Shopping
PQDP11
CenterR$ 1.523,00
-4,81%
FEXC11B
R$ 131,50
-4,00%
Campus Faria Lima
FCFL11B
R$ 1.191,10
-3,16%
Square Faria Lima
FLMA11
R$ 2,10
-2,33%
R$ 84,11
-2,20%
XP Gaia
Código
Maxi Renda
XPGA11
Código
MXRF11
Último Negócio
R$ 107,50
Último Negócio
R$ 115,00
Cota Inicial
R$ 100,00
Cota Inicial
R$ 100,00
Próx./Ult Rendimento:
R$ 0,84
15/out/12
Próx./Ult Rendimento:
R$ 1,12
Rend./Ult. Negócio
0,78%
Rend./Ult. Negócio
0,97%
Rend./Cota Inicial
0,84%
Rend./Cota Inicial
1,12%
Quant. Negociada
9.495
Quant. Negociada
Quant. De Negócios
197
233
AESEPAR
RNGO11
Último Negócio
R$ 106,99
Cota Inicial
R$ 100,00
Próx./Ult Rendimento:
R$ 0,83
Código
15/out/12
AEFI11
Último Negócio
R$ 114,80
Cota Inicial
R$ 100,00
Próx./Ult Rendimento:
R$ 0,86
Rend./Ult. Negócio
0,78%
Rend./Ult. Negócio
0,75%
Rend./Cota Inicial
0,83%
Rend./Cota Inicial
0,86%
Quant. Negociada
7.194
Quant. Negociada
3.130
Quant. De Negócios
93
Quant. De Negócios
BTG Fundo de Fundos
Código
BCFF11B
VBI FL 4440
Código
FVBI11B
R$ 120,90
Último Negócio
R$ 113,21
Cota Inicial
R$ 100,00
Cota Inicial
R$ 100,00
R$ 1,59
17/set/12
Próx./Ult Rendimento:
Rend./Ult. Negócio
1,32%
Rend./Ult. Negócio
Rend./Cota Inicial
1,59%
Rend./Cota Inicial
Quant. Negociada
Quant. De Negócios
11.458
Quant. Negociada
217
Quant. De Negócios
CENESP
Código
R$ 133,50
Cota Inicial
R$ 100,00
Próx./Ult Rendimento:
R$ 0,86
R$ 0,75
0,66%
0,75%
13.950
159
Código
28/set/12
BRCR11B
Último Negócio
R$ 152,28
Cota Inicial
R$ 100,00
Próx./Ult Rendimento:
R$ 0,83
Rend./Ult. Negócio
0,65%
Rend./Ult. Negócio
0,55%
Rend./Cota Inicial
0,86%
Rend./Cota Inicial
0,83%
Quant. Negociada
298
Quant. Negociada
7.816
Quant. De Negócios
15
5/out/12
BTG Pactual Corporate Office Fund
CNES11B
Último Negócio
15/out/12
67
Último Negócio
Próx./Ult Rendimento:
15/out/12
11.144
Quant. De Negócios
Rio Negro
Código
Var %
Quant. De Negócios
Análise XP Investimentos | www.xpi.com.br
68
17/set/12
Disclosure/
Rossano Oltramari
William Castro Alves
Analista, CNPI
Analista, CNPI
[email protected]
[email protected]
Equipe/
Analistas
Caio Sasaki, CNPI-T
Gustavo Carrizo, CNPI-T
Assistentes de Análise
[email protected]
[email protected]
Daniel Noronha
Diego Muniz
Lauro Vilares, CNPI-T
[email protected]
Martha Matsumura
Luiz Augusto Cerávolo, CNPI-T
[email protected]
Priscila Pereira
Rossano Oltramari, CNPI
William Alves, CNPI
[email protected]
[email protected]
[email protected]
[email protected]
Richard Cole
[email protected]
w [email protected]
Tito Gusmão
tito.gusmã[email protected]
Assistentes de Análise
Daniel Cunha
[email protected]
Revisão
[email protected]
Yordanna Colombo
[email protected]
Disclaimer/
1.
O atendimento de nossos clientes pessoas físicas e jurídicas (não-institucionais) é realizado por escritórios parceiros de agentes autônomos de investimento. Todos os agentes autônomos de investimento que atuam através da XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos Corretora”) encontram-se devidamente
registrados na Comissão de Valores Mobiliários. A relação completa dos agentes autônomos vinculados à XP Investimentos Corretora pode ser consultada no site
www.cvm.gov.br <http://www.cvm.gov.br/> > Agentes Autônomos > Relação dos Agentes Autônomos contratados por uma Instituição F inanceira > Corretoras >
XP Investimentos. Na forma da legislação da CVM, o agente autônomo de investimento não pode administrar ou gerir o patrimônio de investidores. O agente autônomo é um intermediário e depende da autorização prévia do cliente para realizar operações no mercado financeiro.
2.
Este relatório foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (´XP Investimentos Corretora´) e tem como único propósito fornecer informações que
possam ajudar o investidor a tomar sua decisão de investimento. Este relatório não constitui oferta ou solicitação de compra ou venda de qualquer instrumento
financeiro. As informações contidas neste relatório são consideradas confiáveis na data da divulgação deste relatório e foram obtidas de fontes públicas consideradas
confiáveis.
3.
O analista de investimento responsável pela elaboração deste relatório, em conformidade ao artigo 17, I, da Instrução Normativa CVM n. 483/10, declara
que as recomendações expressas neste relatório refletem única e exclusivamente suas opiniões pessoais e foram produzidas de forma independente, inclusive em
relação à pessoa ou a instituição à qual está vinculado.
4.
O analista de investimento está indiretamente envolvido na intermediação dos valores mobiliários objeto deste relatório, em conformidade ao artigo 17, II,
c, da Instrução Normativa CVM n. 483/10.
5.
A remuneração do analista de investimento responsável por este relatório é indiretamente influenciada pelas receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela pessoa a que esteja vinculado, em conformidade ao artigo 17, II, e, da Instrução Normativa CVM n, 483/10.
6.
Os instrumentos financeiros discutidos neste relatório podem não ser adequados para todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os
objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de cada investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com
base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. A rentabilidade de instrumentos financeiros pode apresentar variações, e seu
preço ou valor pode aumentar ou diminuir. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste relatório em relação a desempenhos futuros. A XP Investimentos Corretora se exime de qualquer responsabilidade
por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo.
7.
Este relatório não pode ser reproduzido ou redistribuído para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento por escrito da XP Investimentos Corretora. Informações adicionais sobre os instrumentos financeiros discutidos neste relatório se encontram disponíveis
quando solicitadas.
8.
A Ouvidoria da XP Investimentos Corretora tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentir em satisfeitos com as
soluções dadas pela empresa aos seus problemas. Para contato, ligue 0800 722 3710.
9.
O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da Corretora: www.xpi.com.br.
10.
Inexistem situações de conflitos de interesses entre a XP Investimentos e a utilização desse produto.
11.
Este relatório é baseado na avaliação dos fundamentos de determinadas empresas e dos diferentes setores da economia. A análise do ativo objeto do
relatório utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os
eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento.
12.
Este produto é indicado, sobretudo, a investidores cujo perfil haja sido definido como Moderado, Moderado-agressivo, Agressivo, de acordo com a Política
de Suitability empregada pela XP Investimentos.
13.
Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, dependendo das cotações nos mercados. O investimento em ações é um investimento de risco e os desempenhos anteriores não são
necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo
resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. O patrimônio do cliente não está
garantido neste tipo de produto.
Análise XP Investimentos | www.xpi.com.br

Documentos relacionados

Reunião Matinal - XP Investimentos

Reunião Matinal - XP Investimentos álcool na gasolina para atenuar os impactos na inflação, além das discussões quanto ao câmbio e a possível divergência entre BC e Fazenda.

Leia mais

Reunião Matinal - XP Investimentos

Reunião Matinal - XP Investimentos O Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) registrou recuo de 0,09% em maio, após alta de 0,18% em abril.

Leia mais

Reunião Matinal

Reunião Matinal Empregados e Desempregados (Caged). Em janeiro, foram abertos 28,9 mil postos. Pesquisa apurada pela Reuters aponta criação de 95 mil vagas.

Leia mais